segunda-feira, 25 de maio de 2009

caráter fodido, sorriso perfeito


Duas semanas, um encontro. Foi tudo que eu precisei pra me apaixonar por você, poucos abraços, algumas palavras de carinho, interpretadas errado ou não, mas, eu acreditei, sou burra a ponto disso, eu acreditei, enquanto você me jogava mil indiretas pra que eu entendesse que eu só fui mais uma, enquanto você fazia- e faz- questão de me mostrar que 'eu é quem sei' se devo ou não ficar com outro alguém, eu acreditei. Só começei a desconfiar quando você, veja só que ironia, me disse que foi a uma festa ruim, porque só tinha meninas feias, mas olha pra mim, se você me tem, pra que queria uma festa com meninas bonitas ? "Bobinha, se iludiu" isso que você deve estar pensando. Mas, eu acreditei.
Acreditei que você pudesse me mostrar seu mundo e me fazer ter certeza que eu era parte dele. Te contei meus segredos,abri meu coração pra você. Que porra de coração de gelo é esse, que me falha bem na hora que eu não devia me envolver ?
Já ouvi pedidos das minhas amigas pra esquecer você, já tive mil provas que você não se importa comigo e que aquele ' olha pra trás ' foi besteira .. juro que estou tentando tirar o beijo perfeito do meu pensamento, e apagar ao máximo a certeza de que não foi por sua causa, que eu fiz tudo aquilo. Veja só, até meu ex namorado, aquele de tantas confusões, veio me dar dicas sobre você, se eu contasse, ninguém acreditaria.
Você tinha me colocado num novo patamar da vida, e voltou tudo pro mesmo lugar, e eu aquela noite, pedi tanto para me beliscarem, pra saber se não era sonho,e era, e eu acho que acabei de acordar,e o pior de acordar de um sonho bom, é não poder levar nem lembraças reais daquilo. Ossos do ofício,pagar pra ver o invisível
E depois enxergar.