sábado, 19 de setembro de 2009

Dois textos em dois dias

'' Havia mais que um desejo a força do beijo,por mais que vadia não sacia mais
Meus olhos lacrimejam teu corpo,exposto à mentira do calor da ira no afã de um desejo que não contraíra no amor, a tortura está por um triz mas gente atura e até se mostra feliz,quando se tem o álibi de ter nascido ávido e convivido inválido
Mesmo sem ter havido, havia mais que um desejo''



Nunca ninguém conseguiu isso, dois textos em um espaço tao pequeno de tempo, e os dois textos grandes, eu nao sei como voce faz isso, mas você sabe fazer..
Eu hoje tive medo, porque você queria me falar algo,e eu imaginei todas as piores coisas que poderiam ser. Mas olha, quando a gente se despediu, eu fui ligar o radio e tinha alguém cantando ''porque eu sei que é amor'', calma, não para de ler o texto aqui e começa a rir me achando criança a ponto de chamar de amor uma coisa de menos de uma semana. Eu avisei pro moço do radio, que não é amor, amor é tempo, é lealdade, é dia-a-dia. Eu não suporto ver esses casais que começam a ficar e ja dizem amar pra sempre e na outra semana já não sabem o nome da pessoa que tinham jurado amor eterno, eu não sou assim, eu sei que não é amor, eu nem queria escrever essa palavra aqui, porque sei que você vai se assustar e eu estou cansada de assustar as pessoas com meus sentimentos que gritam, mas olha, esse texto todo é só pra te pedir pra não se assustar comigo, não ter medo do carinho que eu quero te fazer, meus sentimentos gritam alto mas eu sei socar meu coração pra ele diminuir e não sufocar você. Olha, não estou te pedindo nada além do que eu acho que já esta acontecendo, vive isso também, me deixa colocar o teu sorriso nos motivos pra eu me levantar da cama. Melhor parar por aqui, eu acho que você já tá confuso o suficiente, então faz assim, abre teu coração e deixa a vida levar nosso barco, porque eu com meu bote salva-vidas to remando pra você.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Talvez, o único lugar seguro pra nós

Por que escrevo? Porque é a minha vingança contra todas as palavras e sensações que morrem todos os dias mostrando pra gente que nada vale de nada. Toma esse texto, o único lugar seguro e eterno pra gente.

Tati Bernardi


Eu resolvi que devia escrever isso, antes que acabasse igual já acabaram tantas vezes. Não é a primeira vez que sinto isso e não quero que seja a ultima,MAS dessa vez, eu acho que você também sentiu.Eu queria você... não porque seu sorriso é puro e me da vontade de te dedicar aquele texto da Verônica, também não é porque você tem um sotaque sexy e sabe que ele é sexy e finalmente também não é porque você conseguiu juntar as duas coisas que mais admiro em um homem : as mãos bonitas e o fortinho no peito,mesmo que esse seja um motivo e tanto pra querer você pra mim, MAS eu te quis e te quero porque você me viu chorar e mesmo assim continuo falando com você sem me sentir inferior. Com você é fácil falar, mesmo que eu tenha te achado chato no começo, parecia que você queria ser o dono da verdade, MAS depois eu descobri que não é bem assim. Você é sincero. Parece que mesmo que você ache horrível estar encantado (?) por uma menina mais nova, você me quer pra você. Olha, amanhã pode tudo passar, você pode esquecer da minha pinta embaixo da boca exatamente igual a sua, ou pode nem ter começado e tudo isso ser apenas mais uma ilusão de quem tem a alma com sentimentos demais, mas você me viu chorar, ficou do meu lado e tranqüilizou meus medos. Eu quero que você me queira, e quero ter você não pra enxugar novas lágrimas MAS pra compartilhar sorrisos comigo, porque você sabe, a gente vai se dar bem ...