sábado, 14 de julho de 2012

Olá, eu te amo, Adeus.




É terrível, me perdoe pela racionalidade, mas é sempre assim :
- Oi.
- Eu amo você.
- Precisamos conversar.