domingo, 25 de outubro de 2009

pra ela voltar - nando reis

' Eu queria que não fosse assim, que não tivesse sido assim. Mas não consegui evitar. A semente recusava-se a vir à tona, eu nem sempre tinha tempo ou vontade de regá-la, e não chovia mais – foi isso que aconteceu ' [C.F.A.]

Semente.Semente de felicidade.Estou de tpm, daquele tipo em que fico mais derretida que margarina barata fora da geladeira, e eu detesto margarina.
Foi meu aniversário, e isso me deixou mais triste ainda, porque me lembrou que até os meus 14 anos, fazer aniversário era lindo, era motivo de começar fazer lista de convidados pra festa no meio de julho, de ganhar presentes. Na quinta, eu não ganhei presente nenhum, na terça eu perdi um presente, perdi como sempre perco tudo que alguém me manda e devia vir com um cartão avisando : ''lembre-se, as coisas e as pessoas se assustam e fogem'' talvez eu sofresse menos.
Eu tenho muitos amigos e não queria mesmo que você se transformasse em um deles, era tudo tão bonitinho, você sempre foi tão bonitinho. E foi embora. Acho que minha vida amorosa está amarrada e eu sempre vou cair, do ponto mais alto, da parte em que a menina se apaixona o príncipe vai embora e quer virar um amigo. Eu estou cansada de tantos principes, de tantos corações, de tanta gente indo embora, pareço mais um aeroporto, uma rodoviária.
Acho que as eu sou assim, porque não me contento com romancezinho, coisa pequena, gente mandando em gente, gente sendo tapete de gente, não sou assim e sei que tem muita gente que também não é assim.Eu preciso encontrar alguém assim, pra mim

sábado, 17 de outubro de 2009

doce revolta

''- Você acha que o nosso amor pode fazer milagres?
- Eu acho que o nosso amor pode fazer tudo aquilo que quisermos. É isso que te traz de volta pra mim o tempo todo. ''

Caio Fernando Abreu, o melhor ♥


Na verdade, o sentimento desde o começo foi revolta, sim, revolta por ter quer que comprimir o coração e não poder demonstrar o carinho que queria te fazer, revolta por ter te despertado um sentimento também e não conseguir viver isso. Cada palavra de carinho, cada vontade de abraçar, cada aperto no coração, agora se transforma em saudade, saudade de tudo aquilo que eu não vivi, saudade do que eu nem sei se foi compartilhado. Um dia, você me disse que saiu e viu em cada uma das mulheres, só uma : eu, inclusive a que você ficou, a sua intenção era me deixar feliz, mostrando o quanto me queria, o quando me colocava na sua vida real, mas eu fiquei triste, muito triste, pois eu imaginei as suas mãos, que eram também minhas, em outro corpo.Agora, que tudo acabou, e você finalmente conseguiu ir embora, de mim, de nós, eu fico imaginando se ainda é assim, se pra você , todas elas sou eu. Não adianta também eu ficar falando só das coisas bonitas, se um dia você lembrar desse blog, da gente, e de como tudo isso mudou, você deve ficar sabendo, que eu já esperei muito de você, esse é meu maior problema, eu fantasio demais, eu crio situações pra ser acarinhada e quase nunca atinjo meu objetivo, e o pior de tudo é que de todo fel eu ainda consigo tirar mel pra continuar gostando das pessoas, eu esperava mais palavras de amor, de carinho, porque eu sou louca, eu transbordo, eu espero que todo mundo se jogue aos sentimentos, como eu me jogo. Eu vou ficando por aqui, contida nesse computador como sempre foi, mas reforço o pedido que te fiz, não leve lembrança disso, como algo que não deu certo, deu certo sim, a cada segundo que nós nos olhamos nos olhos. Se um dia chegar a hora, vai ser. Continue ouvindo Beatles e lembrando de nós, let it be..



'' I think you'll understand.When I'll say that something I wanna hold your hand..♫''