segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Falando pra ele

Antes de Ler o texto, eu recomento que você ouça :





Ouvi Cícero pela primeira vez no começo desse ano e logo também ouvi o CD novo da Mallu Magalhães e, veja você, eu nasci tão romântica que quando ouço uma música linda como essas, eu me sinto na obrigação de estar apaixonada, mas na época eu ficava com um rapaz legal do cursinho que não me fazia sentir muito coisa e o pouco que eu me esforçava para sentir acabou quando descobri que ele escrevia ''com migo'' e passei a sentar no lado oposto da sala. Engavetei Cícero e Mallu para um futuro e o ano passou com um mantra repetido todo dia ''não se apaixone''. Funcionou.
Até um amigo inventar um churrasco com piscinas de plástico, frases para tatuagem e pagodes da década de 90.
Eu nem reparei em você de cara, com outros olhos, eu te disse, não foi só tesão.
Os dias correndo e você ali sem saber de nada e me fazendo te procurar para papear sempre que entrava na internet. E a coisa começou a acontecer quando te peguei olhando com carinho pro noss, ops... pra mim.
Mas o click mesmo, a graça de tudo, foi quando fui te contando, quase sem perceber, com piada e leveza, mais uma das minhas neuras bizarras de meses atrás.

'' Fala pra ele o que nunca falou pra ninguém.''

Foi ai que pensei em te querer pra mim, pra sempre, pra enquanto o meu sempre durar.
E sem perguntar se eu preferia açucar ou adoçante ou se eu tinha alguma zona de conforto, você entrou.
Agora são 5 da manhã, Mallu canta no meu ouvido e você, mesmo de longe e dormindo, me olha e pede para eu ir com calma, te dar tempo, me dar paz, a coisa que eu menos sei fazer na vida. Você quer balão e eu sou foguete. Quando você olha, BUM, eu já subi.
 '' Fala pra ele que a vida é um balão e pra cuidar do teu coração...''

Entra de novo, ouve essa música, eu sou o teu balão.
- A Mallu concorda, o moreno que olha com carinho tem que ser você.-

Desculpa o caos, mas eu querer te dedicar Cícero e Mallu é demais para eu não me apaixonar.


'' E eu penso tanto em desistir, mas no final não da em nada...''

Um comentário:

  1. Rogerinha Gonçalves12 de novembro de 2012 19:07

    Ainda não me fizeram dedicar Cicero, nem Malu... nem meus Rocks da vida neste ano... Mas... vai que é "AGORA" ? Vai que é ELE? rs leio o texto e vou com calma... se aconteceu assim com você porque não comigo?
    Excelente Texto Drika *--* Adoro ler "você"

    ResponderExcluir

Se você tem medo do amor, você tem coragem do quê ?