segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Real Love.

Eu era uma menina de 11 anos, chegando a um lugar novo, aonde o máximo de pessoas no meu dia-a-dia eram meus pais e avós. Deus, acredito eu, sabendo que sem você eu não aguentaria passar por um final de infância e um começo adolescência bem conturbados, me mandou você.
Da paz que você me proporciona, eu entendia desde o começo, pois não foram poucas as vezes que busquei e ainda busco solução para minhas loucuras, no teu sorriso. Seus elogios, são diferentes de qualquer um, afinal você me conhece tão melhor que muita gente que me vê toda hora e todo dia.
As dúvidas sobre qualquer assunto, quando as conto para você, deixam de ser dúvidas e me impressiono com tamanha facilidade em me dar os melhores conselhos e entender meus problemas.
É engraçado hoje em dia, ler meus diários da época em que a gente se conheceu e ver como eu era tão imatura e menina, sem você.
Se existe alguém no mundo que merece que eu agradeça por eu ter chegado até aqui sem pirar, esse alguém é você.
Sobre proteção, falo pouco, afinal está claro (e as vezes até chato, não é ?) minha vontade de te proteger, te acolher dos maus do mundo e te abraçar todo dia, te lembrando que meu amor por você, ainda que eu ame todas as minhas amigas, não se compara a nenhuma delas, você é parte de mim.
Estive pensando que te desejar feliz aniversário, feliz ano novo e feliz natal, ficou meio clichê, afinal, é só olhar nos meus olhos que tu vai entender que o que eu te desejo não é só um dia ou um ano feliz, mas sim, uma vida ou mil vidas cheias de amor, felicidade e muita luz, afinal é esse o teu legado, levar luz as outras pessoas, eu sou uma delas.
Ainda que a gente more numa distância menor que 20 passos, mesmo assim, a rotina e a correria dos dias, faz com que a gente não se fale alguns dias, mas, o amor só cresce e a cada vez que temos uns minutinhos para contar as novidades, eu tenho certeza que te chamar de melhor amiga, foi a melhor escolha que fiz.

Ainda que seja clichê : Feliz Aniversário, eu amo muito você.


Para Amanda Chagas, a melhor parte de mim.

Para ler ouvindo : Real Love - Jack Johnson

Um comentário:

  1. Moça, que texto lindo! Tão bom sentir e expressar que apesar da muita ou pouca distância, temos sentimentos que fazer valer um amor, uma amizade! Me vi em seu texto!

    Te sigo há um tempo mas não vinha aqui há muuuito tempo, adorei retornar! Um beijo, teu blog é lindo!

    ResponderExcluir

Se você tem medo do amor, você tem coragem do quê ?