segunda-feira, 20 de junho de 2011

Não vou escrever sobre você.

Eu não vou escrever sobre você, porque sempre que escrevo sobre alguém, o mundo cai e as pessoas somem. Eu não vou escrever sobre você, porque foi tudo muito rápido e parece que te conheço muito mais que mil vidas. Não vou escrever sobre você porque tenho medo de gostar demais de você e a dor vir toda de novo. Não vou escrever sobre você porque tenho medo que você goste demais de mim e que nosso mundo fique distante demais. Não vou escrever sobre você porque você me pediu em namoro querendo que fosse de um jeito mais romântico, sem saber que você já era o jeito mais romântico que eu quis pra mim. Não vou escrever sobre você porque eu que nem sou católica fui a missa pedir um amor no dia de Santo Antônio, porque acredito em santos e 6 dias depois você pediu pra cuidar de mim pra sempre. Não vou escrever sobre você porque você me olha de um jeito bonito, me fazendo acreditar de novo em mim. Não vou escrever sobre você porque tenho medo de você achar estranho ter uma namorada que escreve. Não vou escrever porque de cima daquele palco eu via seu orgulho por mim e ninguém tinha orgulho de mim desde então.
Não vou escrever sobre você porque tenho medo que você descubra o quanto sou estranha.
Não vou escrever também, porque você não acredita que eu posso fazer mal e eu tenho medo de fazer.
Não vou escrever tanto, que já escrevi um texto, já te chamei de meu, já te olhei e sonhei com nossos jantares e dias de sol.
Ainda que eu não escreva, eu sempre vou escrever sobre você. Porque agora você é parte de mim.
E eu não vou escrever que te quero porque te querer é tão inevitável que quase me faz ter medo de te querer demais, ainda que eu saiba que isso não vai estragar tudo, porque pela primeira vez na vida, eu encontrei um homem que não tem medo de mim e é porque você é esse homem que eu quero não precisar escrever, nem pedidos, nem juras, nem promessas. Escrever serve para alimentar os sonhos e eu já encontrei o meu.

4 comentários:

  1. Lindo, me arrepiei lendo *-* felicidades!

    ResponderExcluir
  2. Nhoooo....que coisa mais liiinda! *-* Sei bem o que é encontrar alguém assim! <3

    ResponderExcluir
  3. "Ainda que eu não escreva, eu sempre vou escrever sobre você. Porque agora você é parte de mim." Juro, estou in love com esse texto, em especial esse trecho! Perfeito!

    ResponderExcluir
  4. Dentre tantos outros motivos " [...] Ainda que eu não escreva, eu sempre vou escrever sobre você. [...]" bateu aqui de um jeito que me fez sentir mais do que pensar e isso foi adorável.

    Parabéns pelo blog! Seguindo e amando sz

    ResponderExcluir

Se você tem medo do amor, você tem coragem do quê ?