segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Adeus, surfistinha do amor.

O título remete a algo vulgar, eu sei. Talvez eu já tenha sido. Não por dinheiro, mas por amor, por correr atrás de migalhas, mal recompensadas.
Li um livro no fim do ano passado, que no meio dos 300 e vários livros que já li, com certeza é um dos melhores. Uma passagem, me lembro agora, dizia bem assim " Sempre achei que as garotas de programa são as únicas mulheres capazes de entender o verdadeiro significado do amor. Por que ? Simples. São as únicas que sabem a diferença do amor e do sexo."
Bom, guardados meus pensamentos feministas sobre a frase, concordo. Duvido muito que qualquer mulher que já se apaixonou perdidamente e não foi correspondida, nunca se entregou desejando ter uma horinha de quase-amor. Mulheres apaixonadas fantasiam, sonham e se for preciso, se entregam também.
Mas hoje tudo mudou, se havia algum resquício em mim, daquela menina que eu fui, ela juntou suas roupas de garota de aluguel e se foi. Dando lugar a uma menina, quase mulher, que agora conhece o que estar com alguém de verdade. Me sentir desejada, bonita, completa.
Toda mulher tem dentro de si uma garota de aluguel, mas tem também a certeza de que um dia chega um louco, que ensina o que é amor. Que sexo só é bom, se for inteiro, com alma.
Eu amo, eu admito, eu acredito que dessa vez é diferente, e se não for, não tem problema, eu volto aqui e digo que mesmo voltando a ser garota de aluguel, buscando por um pouco de amor, me ensinaram que não se entrega o corpo pra quem não se pode entregar a alma, e que um dia, acolheram minha alma, como se estivesse estado sempre dentro do meu corpo.


Definitivamente, o amor me fez engolir de vez toda a minha dúvida sobre ele. Ainda bem.


Deixo aqui meu adeus, para você, menina de aluguel por amor, nossa relação foi realmente proveitosa, aprendi, mudei. Espero que você não vá por tão pouco, porque ser amada de verdade é melhor que qualquer fugacidade da vida. Boa sorte, espero não vê-la em breve.

3 comentários:

  1. Bom... Já disse que me identifico muito com suas palavras não?

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. No fundo, todas nós estamos loucas pra dar adeus à essa garota de aluguel.

    ResponderExcluir
  3. sempre que ligo meu pc, abro imediatamente várias páginas, e uma especialmente para o blogspot "Amiga de Clarice".
    De verdade, admiro muuuuuuuuuuito teus textos, me indentifico super intensamente com cada um deles, esse "Adeus, surfistinha do amor" é extremamente perfeito
    Se tivesse lançado um livro, seria a primeira á comprar ;)
    PARABÉNS, saiba que com seus belíssimos textos, está aliviando o coração de váárias pessoas, te garanto! Sempre recomendo o blog pelo face. Só não recomendo mais pelo twitter, pq esqueci a senha hehehe. Mas parabéns viu e ..
    beijos, MIL beijos *.*

    ResponderExcluir

Se você tem medo do amor, você tem coragem do quê ?