quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Mar de paz

" Enquanto houver você do outro lado aqui do outro eu consigo me orientar."

Compatibilidade é uma palavra bonita e eu realmente acho que tenho isso com você, resta saber com qual das duas partes de mim você se identifica mais. Você via duas partes em uma só e hoje te confesso que você está certo, mas não do jeito que acha. A divisão é aquela que até parece clichê : eu antes e eu depois de te conhecer.
Me vi te contando o que eu nem sabia formular em palavras, a confiança que não tenho em gente que conheço a anos, coloquei numa caixa e te dei de presente.
E quando todo mundo se assusta com meu mar de carência e intensidade, você só se coloca no barco junto comigo, se preocupando sempre em deixar claro pra que eu use o colete salva-vidas pra não me deixar esperar demais da viagem.
Você conversou comigo até ás 4:00 da manhã, me lembrando o tempo todo que se eu desistisse de mim, você tava ali pra me reanimar. Encontrei em você todo um carinho verdadeiro, aquele carinho que precisa sim ser verbalizado.
Sonhei com você, no sonho você me botou num carro e me levou a um lugar que eu tinha muito medo e quando eu ameaçava fugir (eu sempre fazendo isso!) você segurava minha mão e me sorria, doce. Do teu lado, vi um sol, que mesmo encoberto por nuvens, nasceu. Olhei pra você e disse que era bonito o jeito que me sentia adulta e mulher do teu lado e eu que sempre tive medo de crescer vejo o futuro banhado num mar de paz quando lembro de ti. Sua proteção por mim me prende aos sonhos que eu quase abandonei. Quando o caminho que me trouxe até você insiste em reafirmar os defeitos que via em mim, chegava você com o antídoto para o veneno que eu insisto em me aplicar.
Suas suplicas para não esperar nada, do futuro incerto, só me fazem ver, que aquele nascer do sol que insisti pra você ver comigo, mostrava também, minha volta a vida.



Para ler ouvindo : You and Me - Dave Matthews Band

2 comentários:

  1. '...e eu que sempre tive medo de crescer vejo o futuro banhado num mar de paz quando lembro de ti.'
    Amei, amei!

    ResponderExcluir
  2. é tão bom quando a gente encontra alguém assim, que acredita na gente quando nem nós mesmas acreditamos. engradece a alma, faz a gente querer ser melhor; melhor pra gente e melhor pro outro que nos quer bem.
    "... me lembrando o tempo todo que se eu desistisse de mim, você tava ali pra me reanimar. Encontrei em você todo um carinho verdadeiro..." - Texto lindo, lindo. adorei. :]

    ResponderExcluir

Se você tem medo do amor, você tem coragem do quê ?